Willy Altadill

© María Muiña / MAPFRE

Com apenas 22 anos, o espanhol Willy Altadill será o substituto de Anthony Marchand a bordo do “MAPFRE” na quarta etapa da Volvo Ocean Race, entre Sanya (China) e Auckland (Nova Zelândia). O catalão é o segundo mais jovem desta edição. Ele é um ano mais velho do que o chinês Liu Xue, do Dongfeng. Outra curiosidade do velejador é que ele e seu pai irão disputar uma regata de volta ao mundo ao mesmo tempo. Guillermo Altadill participa, neste momento, da Barcelona World Race, uma travessia sem escalas por barco.

Estou ansioso para o início desta fase. Esta é a mais importante regata de vela oceânica e é uma grande oportunidade para mim. Eu tenho participado dela por anos como fã e para acompanhar meu pai. Finalmente será a minha vez“, disse Willy Altadill, novo companheiro do brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca.

O pai Guilhermo Altadill participou de três edições da regata, duas delas quando o evento ainda era chamado de Whitbread Round the World Race. Além disso, ele completou seis circunavegações no globo.

Willy Altadill ganhou a vaga do francês Anthony Marchand, que será baixa por causa de uma infecção dentária que o manteve de cama por seis dias na etapa anterior. Experiência o jovem Altadill tem, apesar da idade. Ele cruzou o Atlântico a bordo do Leopard 100 pés, e realizou testes para o “MAPFRE” em julho passado.

Muitas vezes, quando testando jovens, eles apresentam qualidades para barcos olímpicos e não de oceano. Tem muita diferença, mas o Willy foi bem demais“, observou o comandante Xabi Fernández. Ele mais uma vez será o líder da equipe na quarta etapa, que começa no próximo domingo (8) de janeiro.